[DTM] Estatuto ®

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[DTM] Estatuto ®

Mensagem por Admin em Seg Abr 17, 2017 9:42 pm

Artigo 1:

O Departamento Tático Militar é uma organização que funciona como uma polícia dentro do universo habbiano, portanto, requer que os seus membros estejam cientes e respeitem as ordens e regras que serão impostas dentro deste Estatuto Oficial.

Artigo 2:

A partir do momento em que um policial se alista, é dever dele procurar nossas regras e fazer o máximo para cumprir as mesmas. O não conhecimento de qualquer regra, capítulo, artigo ou cláusula aqui descrita, não isenta de maneira alguma qualquer policial de suas responsabilidades e punições.

Artigo 3:

Assim que identificada qualquer transgressão de regra, o autor poderá ser penalizado de acordo com o que estiver descrito aqui no Estatuto. É necessário observar que as punições descritas aqui no Estatuto são punições padrões, mas podem ser suavizadas ou agravadas mediante outros fatores e bom senso do policial que está aplicando a punição. As punições mais comuns são:

• Expulsão da base
• Advertência Verbal
• Advertência Severa
• Rebaixamento
• Exoneração
• Restrições Diversas
• Demissão
• Banimento

Também é interessante avisar que algumas patentes são imunes à algumas regras do Estatuto e que demais detalhes serão mostrados posteriormente neste mesmo documento.

Para melhor visualização, o documento foi divido em partes. Para ler cada parte, você deve clicar no botão correspondente ao capítulo desejado.

CAPÍTULO 1 - REGRAS GERAIS

Aqui são mostradas as regras mínimas de convivência, respeito e permanência na polícia.

Artigo 1:

Além do nosso Estatuto, todos os policiais deverão obrigatoriamente respeitar os termos do Habbo Etiqueta e também todos os termos da Sulake, empresa que é responsável pelo Habbo.

Artigo 2:

A DTM exige que dentro de base reine o respeito mútuo de seus policiais. Palavrões e outras palavras de baixo calão não são aceitas. Brincadeiras são permitidas, desde que sejam recíprocas e não ofendam ou desrespeitem o outro. Também evite trazer discussões externas para dentro da base. Isso se aplica a todas as aliadas.

Artigo 3:

É proibido pedir promoções, salário e/ou direitos. Qualquer pedido deste tipo poderá ser punido com uma advertência verbal, e se houver reincidência, advertência severa. Todos esses pedidos possuem regras para a execução e são concedidos em seu devido momento.

Artigo 4:

A DTM não obriga ninguém a trabalhar nela, tampouco a permanecer todo seu tempo na polícia. Porém, ela exige que o policial tenha comprometimento e, principalmente, seja fiel. Sendo assim, é proibido qualquer policial da DTM possuir emblemas com nomes de outras polícias, organizações e/ou qualquer outra empresa que tenha vínculo com o militarismo. A única exceção para esta regra é se o emblema for de alguma aliada e o policial NÃO esteja trabalhando lá. A punição para caso essa regra seja desrespeitada é a demissão. Caso o mesmo explique-se e remova o emblema, ele receberá uma advertência verbal, e, em caso de reincidência, advertência severa.

Artigo 5:

Ao entrar no quartel, todos os policiais devem estar com a missão, uniforme e emblema corretos e correspondentes à sua patente. Caso esta regra seja descumprida, o policial poderá receber uma advertência verbal ou severa, dependendo da situação. O policial receberá uma advertência verbal caso entre no quartel com os requisitos incorretos ao da sua patente, mas COM referência à Polícia DTM. O policial receberá uma advertência severa caso entre no quartel com efeitos, cor, vestimenta, missão, uniforme ou emblema SEM referência à Polícia DTM.

Artigo 6:

Todo e qualquer policial deve estar com o perfil do Habbo no modo online, nos certificando sobre sua presença e entrada/saída do jogo. O policial que for pego em modo offline será demitido sem aviso prévio. A regra não se aplica somente a membros da Presidência.

Artigo 7:

O policial da DTM é inteiramente livre, encorajamos que os mesmos deem preferência às suas vidas pessoais em primeiro lugar. Ninguém, de nenhuma patente, é obrigado a permanecer em base, mas caso o policial possua responsabilidades, como por exemplo ser membro de um dos grupos especiais ou ter direitos, ele deve estar ciente que pode ser chamado a qualquer hora, sendo decisão dele atender ao chamado ou não, não havendo nenhuma consequência da recusa do mesmo, caso apresente uma justificativa. Lembrando sempre também que uma boa frequência influencia na avaliação constante que cada policial da DTM é submetido pelos seus superiores.

Artigo 8:

A partir do momento em que o policial entra na base, deve se encaminhar diretamente ao interior dela e possuir total disponibilidade para assumir os setores/comandos da mesma, de acordo com sua patente. Isso implica dizer que é proibido permanecer no saguão da base, sussurrando ou batendo papo, a menos que esteja resolvendo assuntos referentes ao Departamento.

Artigo 9:

Caso o policial perca a sua missão, ele poderá solicitar a um Oficial Superior para que consiga uma nova. Porém, caso ele perca e/ou saia de todos os emblemas referentes ao departamento, não será mais considerado um policial da DTM, sendo possível a readmissão somente com autorização de um membro da Diretoria da polícia.

CAPÍTULO 2 - HIERARQUIA

Aqui serão descritas as regras que dizem respeito as patentes da DTM, bem como a hierarquia adotada em nossa polícia e que deve ser seguida por todos os funcionários.

Artigo 1:

A hierarquia dispõe dos seguintes integrantes:

Inferiores:

Recruta
Soldado
Cabo
Sargento

Praças Especiais:

Subtenente

Oficiais Subordinados:

Tenente
Capitão
Major

Oficiais Superiores:

General
Marechal

Inspetoria:

Inspetor
Inspetor-Chefe

Diretoria:

Diretor
Diretor-Geral
Diretor-Fundador

Presidência:

Ministro
Supremo
Vice-Presidente
Presidente

Artigo 2:

O policial com patente inferior deve respeito e obediência a seu superior. Caso haja algum abuso de poder, o policial deve recolher provas e testemunhas para encaminhar a denúncia para a Corregedoria tomar as providências cabíveis.

Para efeito de respeito dentro da base, todo policial deve se dirigir ao outro de maneira respeitosa e educada.

De Inferior para Superior, deve utilizar sempre o pronome: senhor/senhora.

Exemplos:
- Senhor, poderia me aceitar no emblema, por favor?
- Poderia me aceitar no emblema, senhora?

De Superior para Inferior, deve utilizar a patente ou nick do subordinado.

Exemplos:
- Cabo, encaminhe-se à Recepção.
- João, assuma seu superior nas Alavancas.

CAPÍTULO 3 - PROMOÇÕES/ADVERTÊNCIAS/REBAIXAMENTOS/DEMISSÕES

Toda promoção, advertência, rebaixamento e/ou demissão, deve ser postada no fórum da polícia. Cada postagem possui um modelo específico dentro de nossa área geral. A postagem deve ser feita pelo autor, com exceção de Diretores acima, que podem mandar alguém postar por eles. Caso o post esteja em formato irregular, o policial poderá solicitar a alteração em até 48 horas para a Liderança de Supervisores de Promoções, pois a não correção do ato acarretará em notificações.

Artigo 1:

Todos os policiais da DTM possuem uma quantidade mínima de dias na sua patente, para que eles possam aproveitar cada patente e aprender tudo o que precisam para se mostrarem aptos as patentes que vem pela frente. Isso não implica dizer que o policial é promovido automaticamente após completar os dias mínimos. Para que isso venha a ocorrer, o mesmo deve possuir todos os treinamentos hierárquicos, além de capacidade e competência para assumir a patente posterior.

Recruta = Formação de Soldados.
Soldado = Pode ser promovido a qualquer momento.
Cabo = 1 dia com T1.
Sargento = 2 dias com TS.
Subtenente = 4 dias com T2.
Tenente = 8 dias com T3.
Capitão = 10 dias.
Major = 15 dias.
General = 20 dias.
Marechal = 25 dias e aprovação no TCI.

Observação: Apenas a Presidência pode promover sem os dias mínimos.

Observação²: Membros do COE não possuem dias mínimos para promoção, visto que só podem ser promovidos pelo Comando da função e pela Presidência.

Artigo 2:

A medida que um policial detêm tempo dentro da polícia, ele vai aprendendo mais sobre ela e sobre o funcionamento dela. Tomando isso como base, a DTM oferece aos seus policiais mais capacitados o direito de promover seus inferiores de acordo com sua patente. Logo abaixo será descrita a lista de cargos normais que podem promover, quem eles podem promover e limites (se houverem) de suas promoções.

Tenentes promovem Soldados/Cabos.
Máximo: Cabos a Sargentos.

Capitães promovem Sargentos.
Máximo: Sargentos a Subtenentes.

Majores promovem Subtenentes.
Máximo: Subtenentes a Aspirantes.

Generais promovem:Tenentes.
Máximo: Tenentes a Capitães.

Marechais promovem Capitães.
Máximo: Capitães a Majores.

Inspetores promovem Majores.
Máximo: Majores a Generais.

Inspetores-Chefes promovem Generais.
Máximo: Generais a Marechais.

Diretores promovem Marechais.
Máximo: Marechais a Inspetores.

Diretores-Gerais promovem Inspetores.
Máximo: Inspetores a Inspetores-Chefes.

Diretores-Fundadores promovem Inspetores-Chefes.
Máximo: Inspetores-Chefes a Diretores.

Observação: Para promover um policial novamente, o promotor deve aguardar o mesmo ser promovido duas vezes.

Observação²: Mensalmente, há uma reunião entre a Diretoria e Presidência para analisar o desempenho de cada um, onde poderão ser rebaixados se não estiverem atingindo as metas que suas patentes requerem.

Artigo 3:

Nossos membros superiores são de extrema importância para nossa polícia. A DTM tem o comprometimento de exigir que tais policiais possuam o máximo de qualidade para garantir que eles se tornem exemplos para seus inferiores. Visando uma melhor organização e melhor coerência de nosso time de superiores, a DTM possui uma margem de Superiores para cada patente, considerando o grau momentâneo necessário:

Inspetoria: Entre 10 e 15.
Diretoria: Entre 5 e 10.
Presidência: Entre 3 e 5.

Observação: Promoção para patentes cuja margem foi atingida, deve-se rebaixar um dos policiais da patente alvo.
Ex: Se o Presidente for promover um Inspetor, com a margem da patente no limite, o mesmo terá que rebaixar um dos Inspetores-Chefes atuais que esteja com rendimento baixo para poder dar lugar ao policial que será promovido.

Artigo 4:

Advertências são punições dadas aos policiais que cometem erros que são incompatíveis com suas patentes. O objetivo de uma advertência é alertar o policial para que não cometa mais o respectivo ato, mostrando-o que sua conduta está em desacordo com as regras da polícia.

Existem dois tipos de advertências: verbais e severas.

As advertências verbais são dadas em caráter primário, ou seja, quando o erro é pequeno porte.
Exemplo: O policial entrou em base com a missão ou o emblema errado após uma aula.

A advertência verbal consiste em um superior ir até o policial e mostrar a ele seu erro, deixando claro o que deve ser feito para não acontecer novamente. Caso o policial seja reincidente no erro, deverá ser aplicada uma advertência severa.

A advertência severa é dada ao policial que comete uma falha grave ou é reincidente numa falha pequena.
Exemplo: Desrespeitou um policial em base com palavras de baixo calão.
Exemplo²: Entrou em base novamente com a missão ou o emblema errado após uma aula.

A escolha entre uma advertência verbal ou severa é de acordo com a interpretação e o bom senso do superior que irá aplicar a punição.

Somente Oficiais Superiores acima podem aplicar uma advertência severa. Cargos abaixo podem se dirigir aos mesmos ou a qualquer membro da Corregedoria para fazer sua denúncia, sendo necessária a apresentação de provas para tal.

Apenas Diretores acima e membros da Corregedoria podem aplicar mais de uma advertência por vez.

Artigo 5:

O aval é uma permissão de ausência que a DTM concede ao policial que não poderá entrar regularmente e fazer suas atividades. Um aval tem o tempo mínimo de 7 dias e um tempo máximo de 15 dias. Durante esse tempo, o policial ficará imune a qualquer punição ao qual ele deveria sofrer pela ausência de suas atividades. Esse direito possui também suas regras, as quais serão descritas abaixo:

- Um aval só pode ser concedido por um Oficial Superior acima.

- O aval só pode ser solicitado por um policial que seja no mínimo Praça Especial, cargos abaixo não sofrem nenhuma penalidade caso fiquem ausentes por menos de 15 dias.

- Um policial não poderá entrar durante seu período de aval. Caso isso ocorra, o aval é automaticamente cancelado.

- Caso o policial necessite renovar seu aval, deverá comunicar na solicitação do mesmo.

- Em épocas festivas, o aval tem seu tempo máximo aumentado para 30 dias.

- Todo e qualquer policial que necessitar da renovação do aval por mais de uma vez, deverá pedir um aval especial a um membro da Presidência, explicando o motivo de forma clara e direta.

- Todo e qualquer Praça Oficial acima que se ausentar por 7 dias sem solicitar um aval, deverá ser penalizado com uma advertência severa.

- Todo e qualquer policial que se ausentar por 15 dias sem solicitar um aval, deverá ser demitido imediatamente.

Artigo 6:

Um policial que acumular 3 advertências severas, será punido com um rebaixamento.
Segue abaixo os fatos que podem zerar as advertências severas de um policial:

- Ser rebaixado pelo acúmulo de 3 advertências severas;
- Ser promovido de Oficial Subordinado a Oficial Superior;
- Ser promovido da Inspetoria a Diretoria;
- Ser promovido da Diretoria a Presidência;
- Ser julgado e absolvido pela Corregedoria.

Uma advertência tem um período máximo de 3 dias para ser recorrida e anulada. Caso esse tempo passe, se torna impossível a anulação dela, exceto se houver intervenção da Presidência.

Um policial não poderá dar advertência (verbal ou severa) a um superior, exceção válida apenas para membros da Corregedoria. Para esses casos, ele deverá procurar um policial cuja patente seja maior ou igual a do infrator, passando todas as informações e provas sobre o ocorrido.

Artigo 7:

Além das advertências, um rebaixamento pode ser aplicado também quando um policial cometer um erro muito grave.
Para isso, o autor do rebaixamento deve seguir as regras descritas abaixo:

Oficiais Subordinados rebaixam/demitem Praças Especiais.
Oficiais Superiores rebaixam/demitem Oficiais Subordinados.
Inspetoria rebaixa/demite Oficiais Superiores.
Diretoria rebaixa/demite Inspetoria.
Presidência rebaixa/demite Diretoria.

Exceções válidas para:

- Membros da Liderança de Supervisores de Promoções ©
- Membros do Comando de Operações Especiais ©
- Membros da Corregedoria ©

CAPÍTULO 4 - MISSÃO/UNIFORME/EMBLEMA

Aqui serão descritas as regras para a utilização desses componentes pelos policiais da DTM dentro da base, a não conformidade com essas regras causará penalidades como advertências, rebaixamentos ou demissão de acordo com a patente e o grau da infração.

Artigo 1:

Todos os policiais possuem uma missão padrão. Essa missão é usada tanto para os cargos normais, quanto para os cargos pagos. A missão é colocada da seguinte maneira:

[DTM] Cargo [página da aula ou promoção] [G] ®

Ex: [DTM] Capitão [01/02] [G] ®

Observação: O uso dos símbolos "®" e "Ð" é permitido para todo e qualquer policial. Para usar qualquer outro símbolo ou acréscimo na missão, o policial deve possuir a permissão de um membro da Presidência.

Observação: Inspetores acima não necessitam utilizar sua página na missão.
Exemplo: [DTM] Inspetor [G] ®

Observação²: Diretores acima podem utilizar seu cargo antecedendo o nome da polícia.
Exemplo: Diretor da Polícia DTM ®

Artigo 2:

Todos os policiais possuem um uniforme padrão, tantos os cargos militares, quanto os cargos pagos. O uniforme varia de acordo com a patente e a atividade extra do policial.
O uniforme padrão é: boina preta, calça preta com bolsos, sapatos pretos redondos e a farda com bolsos e sem mangas, seguindo a linha descrita abaixo:

Inferiores

Recruta - Marrom
Soldado - Marrom
Cabo - Oliva
Sargento - Branco

Praças Especiais

Subtenente - Azul escuro

Oficiais Subordinados

Tenente - Vermelho
Capitão - Roxo
Major - Rosa

Oficiais Superiores

General - Verde
Marechal - Amarelo

Superiores

Inspetor - Farda cinza com bolsos e medalha, calça marrom com bolsos e sapatos pretos redondos.
Inspetor-Chefe - Farda branca com bolsos e medalha, calça marrom com bolsos e sapatos pretos redondos.
Diretoria - Livre.
Presidência - Livre.

Observação: A utilização das cores HC (ou não) fica a critério de cada policial, porém deve-se seguir uma linha coerente onde a cor da boina, calça e sapatos sejam semelhantes.

Observação²: Os membros do Comando de Operações Especiais possuem uniformes exclusivos, independente da patente.

Artigo 4:

A Polícia DTM possui seus emblemas, que representam oficialmente a instituição no Habbo, sendo eles identificados pela sigla [DTM] e propriedade única e exclusiva do usuário e Presidente BielIWinchester.
Os emblemas principais, atualmente, são:

Polícia DTM Empregos
[DTM] Cargos Pagos
[DTM] Superiores
[DTM] Patente
[DTM] Grupos Auxiliares

É proibida a entrada sem estar com um emblema oficial da DTM favoritado, com exceção para os seguintes grupos:

[DTM] Presidência ®
[DTM] Diretoria ®
[DTM] Inspetoria ®
[DTM] Corregedoria ®
[DTM] Recursos Humanos ®
[DTM] COE ®
[DTM] Melhores da Semana ®
[DTM] Superiores ®

Observação: O líder e o vice-líder de cada função poderão utilizar o grupo da liderança favoritado em base.

CAPÍTULO 5 - DIREITOS

Direitos são dados aos policiais de confiança da Presidência e aos membros do Comando de Operações Especiais, portanto, não existe patente mínima para isso. Todos os policiais com Direitos estarão no emblema correspondente:

[DTM] Direitos ®

Qualquer uso indevido dos Direitos pode ocasionar na perda deles de maneira permanente, mediante à situação. Além disso, poderá resultar em advertência, rebaixamento ou até mesmo demissão, dependendo do delito.

CAPÍTULO 6 - SETORES DA BASE

A base é subdividida em alguns setores para o melhor gerenciamento da mesma. Cada setor pode ter (ou não) um comandante e possui suas próprias regras e deveres. Neste artigo trataremos de todos os setores individualmente.

RECEPÇÃO

A Recepção é a porta de entrada da polícia, onde todos os recrutas recém-chegados se alistam. Para manter a ordem, é necessário um comandante para fiscalizar os Soldados e tirar todas as suas dúvidas, com o máximo de atenção e cuidado.

Um policial que já tenha sido alistado não poderá entrar novamente pela Recepção, sendo necessária a entrada pelo setor Alavancas.

A patente mínima para comandar a Recepção é Sargento (com TS).

ALAVANCAS

Para entrar na base, os Inferiores (Soldado, Cabo e Sargento) devem utilizar o setor Alavancas.

Alavanca 01 - responsável pelo conferimento do fardamento, emblema, missão, grupos e balão de fala do policial.

Alavanca 02 - responsável pelo conferimento da página do policial no Fórum e liberação do policial.

Alavanca 03 - responsável pelo conferimento do fardamento, emblema, missão, grupos e balão de fala do recruta.

Comandante - responsável por manter a ordem no setor, retirando as dúvidas dos policiais, concedendo ausências/retiradas e expulsando os intrusos.

A patente mínima para atuar nas Alavancas é Cabo (com T1).

A patente mínima para comandar as Alavancas é Subtenente (com T2).

PÁTIO

No pátio, estão localizados os comandos centrais, responsáveis pela organização dos setores e do melhor desenvolvimento da base como um todo.

OD - Oficial de Direitos (tapete amarelo): Responsável pelo melhor desenvolvimento no trabalho de todos, além de conceder ausências/retiradas para os comandos centrais. Este comando possui a responsabilidade de expulsar usuários baderneiros, ausentes ou que estiverem atrapalhando o serviço dos policiais. O policial que estiver no comando deve frequente incentivar os policiais e passar informações como: Chamem amigos, atribuam nota ao quarto, sobre a página e grupo da polícia no Facebook.

Não existe patente mínima. O policial necessita possuir Direitos em plena base.

CG - Comando de Guarda (tapete verde): Responsável por encaminhar os policiais aos setores, tirar dúvidas e conceder ausências/retiradas para os policiais que estiverem no pátio. Além disso, possui a incubência de aplicar o Sentido na ausência do Oficial de Direitos e do Comando de Base. Não é permitido o CG atender os setores, com exceção apenas para casos de extrema necessidade.

Apenas Praças Especiais acima, com o devido treinamento, podem assumir este comando.

CB - Comando de Base (tapete vermelho): Responsável por zelar pela integridade e melhor funcionamento dos setores da base. Deve manter-se sempre atento aos chamados e erros que possivelmente venha a ocorrer. Além disso, possui a responsabilidade de elevar o nível de organização e manter os policiais ativos, seja com recados, comandos ou ações.

Apenas Oficiais Subordinados acima, com o devido treinamento, podem assumir este comando.

SALINHA DE RECRUTAS

Este setor é responsável pela pré-aprendizagem dos recrutas, até eles sejam encaminhados a aula junto ao Guia. Obrigatoriamente, deve existir um comandante neste setor. Esse comandante será responsável por tirar dúvidas e manter a ordem dentro da salinha, enquanto ensina conhecimentos básicos da polícia e instrui os recrutas sobre fundamentos que podem ajudá-los na aula.

A patente mínima para assumir este comando é Sargento (com TS).

SALINHA DE AUSÊNCIA

A sala dos ausentes é o lugar para onde todos os policiais que necessitarem ausentar-se dos seus serviços, momentaneamente, devem se encaminhar. Ela deve ser utilizada em casos onde o policial precise se ausentar por um curto período de tempo. Nesta sala, é proibido sussurros e qualquer outra ação, visto que pessoas ausentes não se mexem. Quem for pego sussurrando ou fazendo qualquer outra coisa dentro da sala de ausentes sem autorização, poderá receber uma advertência verbal, e em casos de reincidência, advertência severa.

Todo e qualquer policial pode utilizar este setor.

ESQUEMATIZAÇÃO DA BASE



Clique aqui para abrir a imagem em uma nova aba.

CAPÍTULO 7 - FUNÇÕES E SUAS RESTRIÇÕES

Artigo 1:

Segue abaixo a restrição para cada policial em relação aos grupos auxiliares:

Praças Oficiais podem ser membros de 2 das seguintes funções, além de Guias:

- Sistema de Evolução
- Promotoria de Eventos
- Rondas
- Supervisores de Promoções

Oficiais Subordinados podem ser membros de 3 das seguintes funções, além de Guias:

- Promotoria de Eventos
- Rondas
- Supervisores de Promoções
- Comando de Operações Especiais
- Corregedoria
- Recursos Humanos


Oficiais Superiores podem ser membros de 4 das seguintes funções e possuir 1 liderança, além de Guias:

- Promotoria de Eventos
- Rondas
- Supervisores de Promoções
- Comando de Operações Especiais
- Corregedoria
- Recursos Humanos


Inspetoria pode ser membro de 3 das seguintes funções e possuir 2 lideranças, além de Guias:

- Promotoria de Eventos
- Rondas
- Supervisores de Promoções
- Comando de Operações Especiais
- Corregedoria
- Recursos Humanos

Diretoria pode ser membro de 1 das seguintes funções e possuir 3 lideranças, além de Guias:

- Promotoria de Eventos
- Rondas
- Supervisores de Promoções
- Comando de Operações Especiais
- Corregedoria
- Recursos Humanos


Observação: A Presidência não possui limites de participação e lideranças.

Artigo 2:

A identificação de cada função é de acordo com a cor de cada estrela utilizada na boina.

Segue abaixo a descrição das cores:

Guias: Branco.
Promotoria de Eventos: Laranja.
Rondas: Azul.
Supervisores de Promoções: Amarelo.
Comando de Operações Especiais: Não possui.
Corregedoria: Não possui.
Recursos Humanos: Não possui.

Observação: Se o policial participar de duas funções ou mais, terá que utilizar a cor de acordo com a atividade hierárquica exercida dentro das funções.

Exemplo: A missão de um policial é [G/SE/S.Sp]. Ele deverá utilizar a estrela amarela dos SPs, pois, em relação às demais funções, sua participação na função de Supervisores é mais efetiva, hierarquicamente falando.

Se, e somente se, o policial possuir atividade hierárquica idêntica nas funções, exemplo [Sp/PE], é que poderá optar pelo uso da cor. Nesse caso, entre amarelo e laranja.

CAPÍTULO 8 - PAGAMENTOS

Artigo ÚNICO:

Atualmente, a DTM possui o sistema de pagamento dos melhores da semana. Todo domingo os 3 melhores policiais receberão uma gratificação pelo serviço prestado durante a semana. O valor da gratificação não é fixo, depende do rendimento da polícia. O pagamento poderá ser feito por qualquer membro da Presidência. Além disso, a DTM bonifica os policiais por outros meios surpresas, bem como nos eventos e rondas.

Os pagamentos mensais, onde todo e qualquer policial recebe seu salário de acordo com a patente que exerce, são realizados todos os dias 20 de cada mês para remunerar a todos pelo trabalho realizado na instituição.

CAPÍTULO 9 - VISUAIS

CORES DE PELE


CABELOS MASCULINOS


CABELOS FEMININOS


ÓCULOS E ACESSÓRIOS


ACESSÓRIOS EM GERAL


CHAPÉUS


CALÇAS E SAPATOS


CINTOS E NÚMEROS


BLUSAS


Artigo 1:

Efeitos e placas são totalmente proibidos dentro da base.

Balões de fala coloridos são permitidos somente para os comandantes dos setores, sendo que a cor deve corresponder ao tapete.

Observação: As regras descritas neste capítulo não se aplicam aos membros da Presidência.


Artigo 2:

Recrutas não seguem a regra dos penteados permitidos ou proibidos, descritos no Capítulo 9. Eles podem ser alistados com qualquer um dos penteados disponíveis no Habbo Hotel, exceto o penteado Black-Power. Clique aqui para ver o penteado.


CAPÍTULO 10 - COMANDOS ESPECIAIS

Artigo 1 - SENTIDO | À VONTADE:

O Sentido é um comando executado para anunciar quando uma patente maior que a presente em base entrar.
Ele deve ser anunciado, obrigatoriamente, pelo OD, e pode ser anunciado também pelo Comando de Base na ausência do Oficial de Direitos e pelo Comando de Guarda na ausência dos dois anteriores.

Quando um policial, cujo cargo seja maior ao presente, entra em base, o OD deve anunciar o Sentido em no máximo 30 segundos. Todos os policiais que estiverem presentes, exceto a Recepção, devem se levantar e permanecerem imóveis/calados.

O Oficial de Direitos é responsável por consertar o Sentido, garantindo que todos prestem-o corretamente. O policial que estiver recebendo o Sentido deve aguardar o procedimento para, enfim, dar o comando "À vontade". Após isso, todos os policiais retornam às suas atividades.

Observação: É permitido o policial dispensar o Sentido comunicando ao comando central que aplicou.

Observação²: Se o policial receber um Sentido, só poderá receber novamente após 30 minutos de sua saída.
Exceções apenas para casos em que o Oficial de Direitos mude.

Caso durante o procedimento do Sentido, outro policial de patente maior ou igual entre, o Sentido é automaticamente transferido para ele, sendo obrigatório que o OD anuncie novamente o comando.

Antes do anúncio do Sentido, nenhum policial poderá prestar o mesmo. Também é proibido qualquer policial que não estiver no comando do pátio anunciar o comando.

Caso o policial que estiver recebendo o Sentido perguntar algo a qualquer outro policial da base, o mesmo poderá responder sem temer quaisquer tipos de punições.

Artigo 2 - ATENÇÃO:

O Atenção é um comando dado quando um superior for dar um anúncio, comunicado ou informação na base. Para isso, ele deverá pedir autorização ao Oficial de Direitos e se posicionar ao lado do mesmo.

O superior solicita e, em seguida, o Oficial de Direitos anuncia o comando. Logo, todos os policiais se levantam e permanecem calados/imóveis, inclusive a Recepção.

A informação, comunicado ou aviso será passado e o superior poderá ou não dar a permissão para os policiais falarem.

Após concluir, o superior deverá anunciar o comando "À vontade" e todos voltarão às suas atividades, semelhante ao comando Sentido.

Observação: O Atenção só poderá ser anunciado por Oficiais Superiores acima.

Observação²: Quando anunciado, todos devem se levantar, mesmo que sejam de patentes superiores a quem anunciou o comando. Os únicos que não são obrigados são os membros da Presidência.

Artigo 3 - APRESENTAR-ARMAS:

O comando Apresentar-Armas é uma forma de punição usada para corrigir erros cometidos pelos policiais. Quando anunciado, o policial deve acenar sem parar, até que seja anunciado o comando Sentido novamente. Não é permitido deixar o braço cair, tampouco deixar transparecer o balão de fala.

Observação: Oficiais Subordinados acima que dormirem em serviço, devem ser punidos com o comando Apresentar-Armas na sala de comandos (mais conhecida como salinha de promoções) por cerca de 5 minutos.

Artigo 4 - CONTINÊNCIA:

O comando Continência é uma maneira formal de cumprimentar seu colega, saudar aliadas e parabenizar algo/alguém por um feito realizado. Para executá-lo, o policial deve acenar uma única vez.

Artigo 4 - APRESENTAR-SE | DISPENSADO:

O comando Apresentar-se é utilizado na realização de promoções. Quando este comando for anunciado, o policial deve dar um passo à frente e acenar. É necessário aguardar o avatar terminar de acenar para começar a digitar a seguinte frase: "Senhor, [patente] e [nick] apresentando-se a espera de suas ordens."
Após a promoção ser anunciada, o promotor irá anunciar o comando Dispensado. Feito isso, ambos devem acenar e, após o avatar finalizar o aceno, o policial promovido retorna à posição de Sentido, aguardando o comando À Vontade.


CAPÍTULO 11 - TRANSFERÊNCIAS DE CONTA

Artigo ÚNICO:

As transferências de conta são realizadas quando o policial perde o acesso total à sua conta.
Apenas Praças Especiais acima podem solicitar transferências de contas, independente se possuir conta ativa no Fórum.
É necessário procurar um membro dos Recursos Humanos para realizar sua transferência. Além disso, deve-se recolher o máximo de provas possíveis sobre a perca da conta.

Os motivos mais frequentes são:
- Banimentos;
- Trocas bloqueadas;
- Ataque de hackers.

Observação: Caso não seja constatada a veracidade da perca da conta, a transferência não será realizada.

Observação²: Caso o policial não possua conta ativa no Fórum, terá que enviar um e-mail ao RH para comprovar, através de prints, que é o dono da conta. Além disso, é necessário acrescentar o seu contato (Facebook).

E-mail do RH: recursoshumanosdot@gmail.com

No e-mail, deve-se utilizar o modelo abaixo:

"Relatório de Solicitação de Transferência de Conta ®

Nick antigo:
Nick novo:
Patente e página:
Motivo da transferência de conta:
Provas que é o proprietário da conta:

Cordialmente, [patente] + [nick] ®"

Observação³: O policial deve utilizar em sua missão: [T-xx/xx], onde "T" significa a transferência e "xx/xx" a página da transferência.

CAPÍTULO 12 - REFORMADOS

Os reformados são superiores que contribuíram para o crescimento da DTM, porém não possuem condições momentâneas de permanecer na instituição, devido aos compromissos e responsabilidades externas exercidas por cada um.

Policiais reformados possuem os seguintes privilégios:

- Acesso à base;
- Direitos;
- Conta ativa no Fórum;
- Participação nas reuniões.

Um policial reformado poderá retornar às suas atividades quando entender que possui condições estáveis de auxiliar nos serviços, mantendo uma alta presença e comprometimento para com a instituição.

Um policial que sair do reformatório terá que aguardar 2 meses, no mínimo, para solicitar uma nova reforma.

Apenas a Presidência pode reformar um policial.

CAPÍTULO 13 - POSTURA DO POLICIAL

Artigo 1:

A título de ajudar os policiais em seu bom rendimento dentro e fora de base, a Polícia DTM uniu algumas atitudes que o policial deve ter, em vista de ser um funcionário exemplar para a organização. As mais importantes são:

Ler o Estatuto.

Antes de entrar na base, verifique se está com todos os requisitos corretos.

Ao entrar, encaminhe-se direto ao pátio e sente-se. Nada de ficar em pé ou passeando.

Ao ter dúvidas, sempre pergunte ao seu superior. Para isso, acene e espere ele vir até você ou encaminhe-se à central de auxílio, caso possua superior presente nela.

Durante a permanência em base, procure sempre observar seus superiores e inferiores.

Nunca sente-se no chão da base ou utilize efeitos/placas.

A fala em negrito é obrigatória para todos os policiais.

Ao falar com um superior, sempre utilize o pronome: senhor/senhora.

Ao falar com um inferior/par, sempre chame-o pela patente e/ou nick.

Abreviações não são proibidas, mas não são recomendáveis. Ao falar, tente evitar, pois melhora a visão que os superiores têm de você.

Lugar de ficar ausente é na sala de ausentes. Qualquer outro lugar é totalmente proibido.

Caso estiver em alguma função e precisar sair, comunique ao comandante do setor ou ao comando central (caso você seja o comandante do setor). NUNCA abandone seu posto sem avisar. Mesmo que você apenas diga: "Saindo, urgente" e quando voltar se explique.

Não fique pedindo treinamentos ou pagamento. É proibido e corre o risco de ser punido.
NUNCA, JAMAIS, de JEITO NENHUM, peça promoção.

Ao pedir promoção, você está mostrando ao Superior que é incapaz de se controlar e com certeza se o superior queria lhe promover, ele irá desistir. Promoções são realizadas por méritos, não por solicitações.

Qualquer frase ou ação que indique que você está insatisfeito com o cargo atual, que poderia ser promovido ou que deveria ser observado pode ser caracterizado como pedido de promoção, será caracterizado como um pedido de promoção indireto e lhe aplicado uma advertência severa.

Algumas frases usadas por pessoas na hora de pedir promoção:

"Senhor, me observa"
"Senhor, 'fulano' é mais novo que eu e já foi promovido"
"Seria tão bom ganhar uma promoção"
"Seria tão bom eu ser 'tal patente'"
"Já estou a 'X' dias na patente e não fui promovido"

Batalhe, lute. Se esforce. Conquiste. Cresça, evolua. Mostre que você é capaz.

CONSIDERAÇÕES FINAIS


Todos os direitos reservados © 2017

Admin
Admin

Mensagens : 9
Data de inscrição : 17/04/2017

Ver perfil do usuário http://dtmoficialhabbo.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum